terça-feira, 18 de janeiro de 2011

O Antigo Parque da Liberdade (Cidade da Criança)

O Parque da Liberdade, na antiga Lagoa do Garrote – que tinha esse nome porque era ponto de parada dos animais trazidos do interior – localizado ao norte do centro urbano de então, recebeu completa reforma em 1922. 
As melhorias foram realizadas pelo prefeito Ildefonso Albano (1921-1923), que no ano seguinte assumiria a presidência do Estado em substituição a Justiniano de Serpa, que falecera no cargo no ano de 1923. 
Parque da liberdade, atual Cidade da Criança depois da reforma
O parque rivalizava com o Passeio Público como opção de lazer; recebeu gradil de ferro, muretas de alvenaria em estilo colonial, grande portão de entrada com azulejos portugueses e demais ornamentos internos. 
Vista do parque da liberdade com a Lagoa do Garrote e a Ilha do Cupido. À direita o pavilhão da administração e ao fundo a Igreja do Coração de Jesus, à época também conhecida como a Igreja dos Albanos. 
  
No alto do portão da entrada principal, deveria ser implantada uma cópia em vulto pequeno da Estátua da Liberdade, que acabou sendo substituída por um índio que partia os grilhões da submissão colonial.
Em 1925, foi transferida para o parque a grande caixa d’água, toda de ferro, que existia na Praça do Ferreira.
 O antigo Parque da Liberdade ganhou ares de modernidade com sinuosas alamedas, belos jardins, estátuas, bancos e nova iluminação. A lagoa passou a ter atracadouro para pequenos barcos.
 Estátua de Netuno 
 Balaustradas, vasos colunas, plantas recortadas, cercas-vivas, a lagoa de águas límpidas ao centro. Era assim o Parque da Liberdade
 A balaustrada intercalada com vasos de mármore sobre colunas de alvenaria contorna a lagoa que reflete as construções e a Ilha do cupido com o Petit-Trianon.
o Cupido ficava confinado em sua ilha e o único acesso era através de pequenos botes. Os postes de iluminação eram de origem européia com globos de vidro leitoso.

fonte:
Fortaleza Antiga, de Marciano Lopes

5 comentários:

Anônimo disse...

que pena que não é mais bonito com era antes!!!

Fátima Garcia disse...

sim anônimo, basta comparar as fotos antigas com as de hoje. Perdeu qualidade, o nosso parque.

Mádson disse...

E hoje temos além de um parque falido... Cheio de veículos abandonados como descaso dos nossos administradores... Além dos riscos de assaltos...

Mádson disse...

E hoje temos além de um parque falido... Cheio de veículos abandonados como descaso dos nossos administradores... Além dos riscos de assaltos...

Anônimo disse...

Fui assaltado aí em 2011, lamento esse lugar ser o que é hoje.