sábado, 4 de setembro de 2010

Bairro Edson Queiroz

O Bairro Edson Queiroz surgiu no rastro da expansão da zona leste de Fortaleza, o lado da cidade que mais cresce. Fica numa área também chamada de Seis Bocas ou Água Fria. Sua principal via de acesso é a Avenida Washington Soares, inicio da Rodovia CE 304. O nome da avenida é uma homenagem ao dono da Fazenda Água Fria, o antigo dono das terras que formam o bairro. Do antigo nome só restou uma lagoa, popularmente chamada de Lagoa Seca.
campus da UNIFOR em 1971, ano da criação da universidade
O primeiro grande empreendimento a se instalar no bairro foi a Universidade de Fortaleza, que deu visibilidade ao local, que foi rebatizado com o nome do Industrial Edson Queiroz, fundador da Universidade. Depois da UNIFOR, vieram a Imprensa Oficial, o Centro de Convenções, o Fórum Clóvis Beviláqua e centenas de estabelecimentos comerciais.

Ainda tem moradores que chamam o bairro pelo antigo nome de Água Fria, apesar de a troca de nome ter ocorrido já a alguns anos ; mas também tem quem ache que se trata de dois bairros distintos.
As dunas avistadas do bairro Edson Queiroz ficam no Porto das Dunas
No último censo realizado o bairro contava com cerca de 23.500 moradores; o Edson Queiroz é também o maior bairro de Fortaleza, com mais de 13 quilômetros quadrados. Por lá passam, todos os dias, em torno de 50 mil pessoas.
Paróquia de São José
A Paróquia de São José foi criada no ano de 2006, desmembrada da Paróquia de Nossa Senhora da Glória, em razão do crescimento da cidade, tendo em vista a necessidade de atendimento das novas comunidades.
Fica na Rua Crisanto Moreira da Rocha, 559.


Fotos: Rodrigo Alboim

5 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Com a criação da UNIFOR, pelo fato
de estarem todos "em casa","em família" essa região cresceu de forma assustadora e devastadoramente....

A UNIFOR foi criada no mesmo ano em que me ausentei de Fortaleza, 1971.
Fiquei espantada, e triste, com crescimento tão desordenado.

Excelente o "post", mais uma vz, parabéns a vc e ao seu acessor/fotógrafo, Rodrigo Alboim.

Boa e produtiva semana, Fátima.
Lucia

Fatima Garcia disse...

aquela região continua crescendo de forma desordenada. Como se trata de local relativamente novo, a maior parte ainda não tem infra-estrutura de saneamento, coleta de lixo, etc. Como o ritmo de crescimento da cidade é muito mais acelerado do que o ritmo da prefeitura, as carencias ficam a amostra.

Nayanne disse...

Por gentileza, Gostaria de receber por e-mail as informações do bairro Edson Queiroz. Antecipadamente agradeço.
Silvânia Pontes
silvaniapontes@hotmail.com

Anônimo disse...

Faltou as fotos da Favela!
E falar dos assaltos em plena luz do dia, os acidentes mortais... sempre a mesma hipocrisia nessas postagens sobre Fortaleza. Quem vê pensa que é um paraíso... igualzinho no Rio de Janeiro...um cidade mascarada!

Fátima Garcia disse...

Olá anônimo,
Se você se der ao trabalho de ler mais posts, verá que falamos sim, das favelas; denunciamos sim a falta de segurança, os assaltos e o trânsito caótico. Está tudo ai, faz parte da cidade, do cotidiano. Hipocrisia seria se só falássemos disso, como se Fortaleza fosse feita apenas desses episódios. E a cidade é muito maior do que isso, tem coisas boas e interessantes, depende do olhar de cada um. Não, Fortaleza não é um paraíso, e nem temos a pretensão de mostrá-la como tal. Mas também não é o pior dos mundos. E muita coisa, como os acidentes, a sujeira, a deseducação, resultam de ações diretas praticadas pelos moradores. O que você tem feito p/ melhorar a cidade?