quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Igreja do Patrocínio

A colocação da placa de acrílico com o nome da Igreja causou polêmica até na imprensa. As opiniões se dividiram, porque, segundo diziam, a placa lembrava um estabelecimento comercial.
Localizada na Praça José de Alencar, a Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio recebe um grande número de pessoas todos os dias. Vive literalmente cheia. 
A maioria dos freqüentadores são pessoas simples, de fé também simples. São pessoas que moram ou trabalham no centro, e conservam ainda a crença nos santos de sua predileção. As missas se sucedem de hora em hora, durante quase todo o período da manhã, e continuando à tarde. 
Em determinado dia da semana é celebrada uma missa ao meio dia.
Interior da Igreja




A pedra fundamental da Igreja do Patrocínio foi lançada em 02 de fevereiro de 1850, que ficaria pronta dois anos mais tarde.
Em 1849 o cabo da esquadra Fortunato José da Rocha disparou um tiro contra o Capitão Jacarandá, mas acertou o joelho do Alferes Luis de França Carvalho, que estava ao lado do capitão. Vendo-se em risco de perder a vida, Luis de França fez voto a Nossa Senhora do Patrocínio, que se escapasse, faria uma igreja em sua devoção.
No ano seguinte, curado do ferimento, lançou a pedra fundamental da igreja ao norte da Praça Marquês de Herval (hoje José de Alencar).
O oficial teve que deixar Fortaleza e os trabalhos de construção passaram a ser muito lentos, apesar da ajuda de muitos fiéis que apoiaram a idéia do militar. A planta do templo foi feita pelo mestre Antonio de Rosa e Oliveira.
A igreja já deu nome a praça em que se encontra, que já foi Praça do Patrocínio. No dia 06 de abril de 1870, o logradouro passou a chamar-se Praça Marquês de Herval.
A Igreja do Patrocínio foi elevada à categoria de paróquia por lei de 15 de outubro de 1879. No principio foi criada com o nome de Paróquia de São Luis Gonzaga, localizada no Oiteiro (hoje Praça do Cristo Rei) e depois transferida para a Igreja do Patrocínio .

Pesquisa:
Cronologia Ilustrada de Fortaleza, de Miguel Ângelo de Azevedo (NIREZ) 
foto antiga retirada do livro: As pouco lembradas igrejas de Fortaleza, de Eduardo Fontes

8 comentários:

Anônimo disse...

Tive a oportunidade de conhecer esta Igreja em julho/2010. Me sinto honrado por ter entrado e passado alguns momentos no interior deste lugar cheio de bênçãos. Um forte abraço. Paz e bem! Joaquim Josino da Rocha Filho, Brasília, DF.

Fátima Garcia disse...

Olá Josino,
Apesar do da vizinhança agitada o interior do templo é calmo e reflexivo. Paz e bem não é uma saudação da ordem terceira franciscana? Paz e bem e obrigada por visitar o blog.

Dani Passos disse...

foI muito util para um trabalho escolar, realmente, apesar de linda é pouco lembrada.

Fátima Garcia disse...

valeu Dani, obrigada pela visita

Maria Cileude Damasceno Oliveira disse...

DESDE CRIANÇA QUANDO IA NO CENTRO DA CIDADE ANTES DE RESOLVER QUALQUER COISA MINHA MÃE COM SUA FÉ TÃO SIMPLES IA A IGREJA COMIGO PEDIR BENÇAO A DEUS PARA AS SUAS COMPRAS POIS ELA NA EPOCA ERA VENDEDORA DE PORTA EM PORTA NO NOSSO BAIRRO E ELA PEDIA A JESUS DOS PASSOS QUE A AJUDASSE EM SUAS VENDAS. CRESCIE COM ESTE AMOR A DEUS E COLOCANDO ELE NA FRENTE DOS MEUS PROJETOS.AMEM.

Fátima Garcia disse...

Como dizia o outro lá, "a fé não costuma falhar", né Cileude.
abs

Anônimo disse...

É UMA PENA QUE A CADA REFORMA A IGREJA VAI SENDO DESCARACTERIZADA E VAI PERDENDO A BELEZA. O PISO DE MOSAICO ESTAMPILHADO FOI SUBSTITUÍDO POR UM PARTE PRETO E PARTE DESBOTADO. ESTÁ HORRÍVEL. A PINTURA DO RETÁBULO QUE ERA UMA PAISAGEM FOI COBERTA E ESTÁ LISA. O TETO DE MADEIRA EM TRAPÉZIO DESAPARECEU SENDO SUBSTITUÍDO POR UM DE GESSO E AINDA E RECEBEU UM ADESIVO DESFOCADO E SEM COR TIRADO DA INTERNET IMITANDO PINTURA. HORROROSO. PARECE UMA PLÁSTICA MAL-FEITA.

Anônimo disse...

Pq Nossa Senhora recebeu esse titulo de Nossa Senhora do Patrocínio?