sábado, 26 de fevereiro de 2011

CUCA Che Guevara



Inaugurado em 10 de setembro de 2009 pelo então presidente Lula, o Cuca Che Guevara – Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte de Fortaleza, surge como o primeiro Espaço Mais Cultura do país. 
O Centro cultural foi instalado na Barra do Ceará, na área ocupada pelo antigo Clube de Regatas. Com mais de 14 mil metros quadrados e capacidade para atender 3500 jovens por dia, o espaço já é considerado o maior equipamento cultural público da América Latina. 

O Cuca conta com um cineteatro, ginásio de esportes, campo de futebol, piscina olímpica, rádio escola, dentre outros espaços, construídos especialmente para o atendimento de jovens e adolescentes. 



Ao todo, o Ministério da Cultura investirá R$ 8,1 milhões para a implantação de dois espaços Mais Cultura na capital cearense (a prefeita havia prometido que seriam seis), o Cuca Che Guevara e outra unidade a ser construída em área de intervenção do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). 
Os Cucas são projetos da prefeitura de Fortaleza que interagem com os objetivos do Programa Mais Cultura de democratizar o acesso da população a equipamentos e serviços culturais.



Os Espaços Mais Cultura são uma ação do Programa Mais Cultura, do governo federal, criados para melhorar a qualidade de vida em periferias e centros urbanos com baixos indicadores sociais e marcados pela exclusão cultural.

O nome dado à unidade da Barra do Ceará, é uma homenagem tardia, fora de moda e fora de contexto, ao ativista político e guerrilheiro argentino Ernesto Che Guevara, um dos líderes da revolução Cubana que, ao lado de Fidel Castro, levou Cuba a um novo regime político.  
Guevara foi morto pela forças do Exército boliviano em 1967.





O Cuca é uma promessa de campanha da atual prefeita que acenou com a construção de seis unidades desse tipo de equipamento até o final do seu mandado, um em cada regional da cidade. O segundo está em fase de construção, às margens da Lagoa do Mondubim, onde antes funcionava o Clube Brisa do Lago, na Vila Manoel Sátiro. 

fotos de fevereiro de 2011
fontes:
Ministério das Cidades
Prefeitura de Fortaleza
www.cucacheguevara.blogspot.com    

8 comentários:

Eri disse...

Só a idéia do Cuca já tem toda validade do mundo, por levar culturae lazer para uma área onde as dificuldades financeiras da população tornam-se prioritárias para garantir a alimentação, a educação, às questões mais básicas da vida. Ocupar esse espaço da cidade, entretanto, que durante anos abrigou o Clube de Regatas da Barra do Ceará tem valor inestimável. É um lugar de mil histórias, mil passeios, e por isso tudo este seu blog é válido demais, por nos trazer a mais bela das fortalezas.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Todo POLO DE CULTURA e LAZER tem seu mérito.A população, carente ou não,necessita. Assisti à "badalação",na mídia,na pré e na inauguração do CUCA Che Guevara.
Estive lá, muito depois de iaugurado, e via-se parte da construção inacabada. Tá bonito, aquilo lá, só não aceito o nome(tanto cearense, a ser homenageado!) e o precário policiamento em volta. Será que melhorou, tá tudo funcionando?
Bom final de semana!

Carlos, Carlinhos, Getúlio disse...

Oi Fessora!
Gostaria de entrar em contato com a senhora. Pode me passar um e-mail?
Obrigado.

Carlos, Carlinhos, Getúlio disse...

Ah, a despeito de estar fora de contexto, o nome tem bastante eufonia. Achei, se não concreto, pelo menos com uma carga sonora marcante..

Fátima Garcia disse...

Acho da maior importância esse tipo de equipamento, especialmente se estiver localizado em áreas mais periféricas, dirigido aos jovens, e aproveitando espaços já existentes, como aquele do clube de regatas. Foi uma idéia iluminada da prefeitura que virou realidade. Mas ainda acho que o nome do lugar poderia ser de alguém com o qual a população tivesse alguma identificação, que fosse parte da história local. O Che e sua saga está muito distante do imaginário e do dia a dia dos jovens da Barra do Ceará e adjacências. Carlinhos o email é mfgprodema@yahoo.com.br.

Castomegefi disse...

A maior doença do Brasil é a ignorância do nosso povo,pois essa homenagem ao Che Cheguevara um guerrilheiro assassino de famílias ,inclusive crianças,que tinha preconceito com os negros cubanos,pelos quais, ele dizia que eles cheiravam mal,assassinou centenas de homosexuais e essa prefeita maluca que tinha tantos artistas cearenses para homenagear,faz um crime deste tamanho.

Nani disse...

Dizer que historia precisa estar "na moda" é no minimo estar "fora de moda", não se identificar com pessoas que fizeram historia na América latina, não dá o direito a dizer que cearense não reconhece Che como parte da historia mundial? Pare ai com sua ignorância e deixe o povo aplaudi-lo sim"

Anônimo disse...

... Vocês tiveram a desfaçatez de colocar o nome do ASSASSINO Che Guevara num CUCA ? Um comunista FACÍNORA, um genocida que tirou a vida de milhares de inocentes. Esse verme abjeto era um assassino tão cruel que obrigava as mães a assistirem a execução dos próprios filhos de 13-14 anos, para "nunca mais parirem contra a revolução". E vocês têm a coragem de homenagear este CRIMINOSO do che guevara num espaço que atende crianças e jovens ? Que absurdo. Tirem já aquilo de lá, pois a imagem daquele genocida é um incentivo ao crime, ao assassinato de inocentes !!!