quinta-feira, 21 de março de 2013

Doutor José Frota

Busto do Dr. José Frota no Passeio Público, homenagem da Santa Casa da Misericórdia ao seu Diretor.

José Ribeiro da Frota nasceu em Viçosa do Ceará, em 17 de junho de 1880, filho de José Gomes da Frota e  Primílvia Avelino da Silva Frota, família tradicional da região.  Depois de fazer os preparatórios no Liceu do Ceará e perder o pai, seguiu para o Rio de Janeiro, onde iniciou os estudos de Medicina, se formando em 1906 pela Faculdade de Medicina da Bahia. Fez cursos de especialização em Berlim, Paris, Viena e clinicou em Fortaleza.


A foto registra a fundação do Centro Médico Cearense no dia 20 de fevereiro de 1913.  Nela estão da esquerda para a direita em pé: Adalberto Studart, Raimundo Gomes, José Frota, Nelon Catunda, Amâncio Filomeno, Afonso Pontes, Antônio Mesiano, Eliezer Studart e César Cals. 
Sentados, na mesma direção: Meton de Alencar, Eduardo Salgado, Barão de Studart, Manuelito Moreira e Costa Ribeiro com o menino José Carlos da Costa Ribeiro Filho. A foto foi batida na porta da Santa Casa da Misericórdia. (foto e identificação Nirez) 

Na Capital cearense,  montou seu consultório na farmácia de Turíbio Mota.  Exerceu a medicina durante mais de cinquenta anos, como clínico geral, ginecologista, obstetra e cirurgião prestando valiosos e humanitários serviços à população pobre. 
Foi um dos fundadores da Casa de Saúde Eduardo Salgado, da Maternidade João Moreira e da Casa de Saúde César Cals.


Prédio da Assistência Municipal no dia de sua inauguração em 26 de maio de 1940. Fica na esquina das Ruas Senador Pompeu com Antônio Pompeu

Exerceu os cargos de diretor da Assistência Municipal, da Casa de Saúde Dr. César Cals, da Maternidade Dr. João Moreira, Diretor Clínico da Santa Casa da Misericórdia,  Diretor do Departamento Estadual de Proteção à Maternidade e à Infância,  Fundador e Presidente do Centro Médico Cearense.
Teve como colegas de trabalho os doutores César Cals, Antônio Justa, Eliezer Studart, Manuelito Moreira e Adalberto Studart.


Casa de Saúde César Cals, na Praça da Lagoinha

Como diretor da Assistência Municipal, transformou o Hospital do Pronto Socorro em um dos melhores do gênero, de todo o país. Faleceu em 1 de março de 1959. 
É nome de bairro em Porangabuçu e do moderno edifício da Assistência Municipal. 


fotos do Arquivo Nirez
fonte:
Revista do Instituto do Ceará

2 comentários:

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Conheci a Assistência Municipal como está registrada na foto. É exatamente a esquina onde está o Frotão, que eu hoje vejo da janela do meu apto., a parte do alto.
Fui duas vezes à Assistência, por mordida de cachorro e um por um grande corte no pé.Atendimento super tranquilo, pelos anos 1950...
Legal, rever!

Fátima Garcia disse...

nunca entrei ali Lúcia, só conheço por fora