quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Futebol nas Praças

Time do Stella Futebol Clube - fundado por Alcides Santos, o time foi extinto poucos meses antes da fundação do Fortaleza. A criação de uma nova equipe, com as mesmas cores da anterior, estava no fato de que Alcides santos não sabia precisar a data de criação do Stella, o que tirava seu caráter oficial (foto do arquivo Nirez) 

Principais centros de socialização nas grandes capitais brasileiras nas primeiras décadas do século XIX, as praças públicas tiveram papel importante na popularização do futebol em Fortaleza.
Devido a inexistência de campos próprios para a prática do jogo na cidade, o improviso era nas praças.  O Passeio Público e, mais tarde, as Praças de Pelotas (atual Clóvis Beviláqua), Estação e lagoinha foram nossos primeiros estádios. O impulso que fez das praças espaço pra a prática do futebol foi dado pelo retorno de vários estudantes cearenses  de temporadas na Inglaterra, Suíça e Alemanha a partir de 1912. Desde 1905, um ano após o jovem José Silveira apresentar a modalidade ao povo cearense, o jogo vivia uma estagnação. O motivo era que a bola do cearense havia furado, e não existia nenhuma outra na cidade.

2° plano do Passeio Público, onde foram realizadas as primeiras partidas de futebol em Fortaleza (foto da Revista Fortaleza)

Os responsáveis pela volta do futebol em Fortaleza  foram José Gentil, Oscar e Jaime Loureiro, José Bruno Menescal, Paulo Fiuza Menescal, Walter Barroso, Meton e Carlito Pinto, Orlando e Walter Olsen e Humberto Ribeiro, que acabara de chegar do Rio de janeiro. Os rapazes promoveram torneios e formaram várias equipes a partir de 1912.
Eles se reuniam em família, convidaram amigos, e apresentaram uma bola de couro, adquirida na Inglaterra, da marca “Olimpique”, daquelas amarradas com cordão. A adesão foi em massa. O entusiasmo era grande e a rapaziada não deixava passar um fim de semana sem haver jogo.


Time do Guarani Futebol Clube, fundado em 1919 no Clube dos Diários no Palácio Guarani. Extinto em 1930 (foto reprodução - Arquivo NIREZ)

A partir daquele ano foi fundada pelo menos uma dúzia de times na cidade na mesma década, a maioria equipes informais que não duravam muito tempo: Stella – que seria extinto e seus dirigentes criariam o Fortaleza – Rio Branco – que mudou o nome para Ceará, Rio Negro, Humaitá, Hespéria, English Team, Tabajara, Riachuelo, Guarany, Fortaleza, Flamengo, São Cristóvão, Fluminense e Bangu.

Campo do Prado no Benfica, o primeiro estádio de futebol da cidade 

Em pouco tempo o número de torcedores já não cabia nas praças. Em 1913 os jogos passaram para um campo de corridas no bairro do Prado, onde hoje está o Instituto Federal do Ceará, o antigo CEFET. 
O empresário Alcides Santos, presidente do Stela e fundador da Liga Metropolitana de Fortaleza, criada dois anos depois, comprou o terreno e construiu arquibancadas de madeira. Nascia o Prado, o primeiro estádio de futebol da cidade. 

fonte:
Revista Fortaleza - fascículo 8

        

Nenhum comentário: