terça-feira, 6 de abril de 2010

O baobá do Passeio Público


O baobá é uma árvore de grande porte, proveniente das estepes africanas e regiões semi-áridas de Madagascar, sendo encontrada também na Austrália. Essa planta colossal pode atingir até trinta metros de altura, e possui a capacidade de armazenar em seu caule até 120.000 litros de água.
É a árvore nacional de Madagascar e símbolo nacional do Senegal.
Neste país, (Senegal) é considerada árvore sagrada, sendo utilizada como fonte de inspiração para lendas, ritos e poesias. Segundo uma velha lenda africana, se alguém for sepultado dentro de um baobá, sua alma viverá enquanto a planta existir.
E o baobá tem uma vida longa: alguns têm fama de ter milhares de anos, mas como seu tronco não produz anéis de crescimento, a idade da árvore é impossível de ser comprovada: poucos botânicos dão crédito a essa possibilidade de idade milenar.
Essa planta foi amplamente divulgada no século XX, através da obra O Pequeno Príncipe, do escritor francês Antoine de Saint-Exupery. Seu personagem principal se preocupava com o crescimento excessivo do baobá, temendo que suas raízes tomassem todo o espaço existente em seu asteróide.
No Brasil existem algumas árvores de Baobá, que foram trazidas pelos sacerdotes africanos e foram plantadas em locais específicos para o culto das religiões africanas.
Em Fortaleza existe este exemplar (da foto) no Passeio Público, uma das praças mais antigas da cidade.
Foi trazida e plantada ali em 1910, por Tomás Pompeu de Sousa Brasil, o Senador Pompeu. Tem, portanto, mais de cem anos. É uma das 45 árvores de Fortaleza classificadas pela prefeitura como imunes ao corte.

18 comentários:

Anônimo disse...

Efetivamente no Estado do Ceará possui uma espécie de Baoba,já centenário, localizado na Praça dos mártires.Um outro No SESI,Serviço Social da Industria com cerca de 20anos Um outro com sete 07 ANOS NO CLUBE SOCIAL CIRCULO MILITAR DE Fortaleza,já com 6 anos de idade. Uma outrO no ColéGIO MILITAR DE fORTALEZA COM 6 ANOS DE VIDA. UM OUTR VEGETAL BAOBA plantado no Parque BOTÂNICO DO ceará,situado no município da grande FORTALEZA, Municipo de Caucaia, COM 6 ANOS DE IDAde. Um outro outro Plantado na Bela Cidade de SOBRAL COM 7 ANOS DE IDADE.UM Outro plantado na CIDADE DE MOMBAÇA, com 6 anos de idade.Dia 16 de mês de dezembro será Plantado UM BAOBA com 2 de altura, na Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias em homenágem aos Agronomandos do ano de 1976.

Fátima Garcia disse...

olá anônimo, não sabia que existiam tantos exemplares de baobá por aqui. legal, ne

Anônimo disse...

Plantei, no final de 2007, alguns exemplares (8) em Brejo Santo - CE. O mais desenvolvido está com cerca de 3,8 m de altura e com 30cm de diâmetro na parte mais inferior do tronco e vive na praça Padre Cícero.

Ronaldo.

Fátima Garcia disse...

fez muito bem Ronaldo, o planeta precisa de mais árvores. abs

Gilberto Vasconcelos disse...

Em outubro de 2011 lancei o livro – MAPA DOS BAOBÁS DO BRASIL
Os interessados pela obra podem entrar em contato – projetobaoba@hotmail.com
Qualquer informação sobre baobás, por gentileza enviar para que possamos atualizar o mapa.
Acessem o nosso portal e acompanhem as atividades do Projeto Baobá.
O Projeto Baobá continua o mapeamento dos baobás em todo o Brasil.
Caso tenha fotos e queira compartilhar, por gentileza enviar. projetobaoba@hotmail.com
Gilberto Vasconcelos – Viveirista Florestal – pesquisador.
http://www.respireessaideia.org
http://www.baoba.moonfruit.com

Fátima Garcia disse...

Olá Gilberto,
obrigada pelas informações, vou visitar o portal e espero que os leitores do blog façam o mesmo.

Anônimo disse...

Prezada Fátima
Consta no Blog que o baoba do Passeio Público foi plantado em 1910 por Tomás Pompeu de Sousa Brasil (o Senador Pompeu ) no entanto, este senador faleceu em 02 de setembro de 1877.

Gilberto Vasconcelos disse...

Fátima - estarei em fortaleza nesta sexta 21 de setembro para o evento que será realizado no Passeio Público.

Sugiro que participe também.

Contatos: www.biomaurbano.com

Fátima Garcia disse...

Oi Gilberto Vasconcelos,
não pude comparecer porque já tinha marcado um compromisso na 6a. Mas não faltarão oportunidades, né?
abs

Unknown disse...

De fato a data tem que ser anterior... Ou se trata do Deputado Tomás Pompeu (o filho homônimo do Senador Pompeu).

Unknown disse...

De fato o baobá deve ser anterior a isso, dando se em conta em livros que sob o seu caule foi fuzilado (ou bacamarteado) o Padre Mororó e Pessoa Anta, em 1825. Aliás, a urbanização da própria praça data de 1864.
Só que Senador Pompeu nasceu em 1818... Caso a data seja, de fato, 1912, é mais provável que se trate do Deputado Tomás Pompeu (seu homônimo e filho).

Fátima Garcia disse...

Olá Unknown,
a informação de que o baobá do Passeio Público foi plantado pelo Senador Pompeu está no livro "Geografia Estética de Fortaleza" edição de 1959, página 182, de Raimundo Girão. Ele não cita datas. A data 1910 - foi retirada do site wikipédia, que também atribui o plantio ao Senador Pompeu. Vou verificar outros autores que falem sobre a árvore e volto a postar.
abs

Otacílio disse...

Esse lance ai do Baobá é muito confuso... Quem foi que plantou mesmo? Senador Pompeu em 1910, ou ele já existe a mais de 350 anos? Na época do fuzilamento dos confederados do equador em 1827, a árvore já existia, pois há relatos que padre mororó e outros foram executados encostados nessa mesma árvore

Anônimo disse...

O baoba do Passeio Publico foi efetivamente plantado pelo senador Pompeu, mas em 1872 (penso), e nao em 1910, quando ele ja havia falecido.
Fico contente que Ronaldo tenha plantado outros baobas. Uma vez ganhei diversas sementes de baoba, nenhuma brotou -no Rio. Nao sei como outros conseguiram, talvez o clima do Rio nao seja apropriado.
Alba Pompeu.

Fátima Garcia disse...

Alba Pompeu, eu acredito que a confusão se deva ao fato de vários membros com o sobrenome Pompeu terem se destacado na história do Estado. Fica o registro da data.
abs

Marcelo Bezerra disse...

Meu nome é Marcelo Bezerra e trabalho no Círculo Militar, vou procurar o baobá de lá. Muito legal essa iniciativa. Recentemente fiz uma fotos dos meus filhos na frente do baobá do Passeio Público e recebi comentários de vários lugares.

Fátima Garcia disse...

tire uma foto e envie aqui pro blog, Marcelo, publico e dou os créditos.
abs

Carla Castro disse...

O Baobá do Passeio Público
Os baobás espécies tidas como sagradas na África foram trazidos pelo Senador do Império Tomaz Pompeu de Souza Brasil e o seu plantio se verificou no ano de 1872.
Fontes:
*DIÁRIO DO NORDESTE - (04 de Julho de 1993) - BAOBÁ, A ÁRVORE MÍSTICA DO PASSEIO PÚBLICO
*Plantas do Ceará - revista do Instituto do Ceará - LXII (1948) - Renato Braga