quinta-feira, 11 de julho de 2013

Cine Rex

Rua General Sampaio, onde entre as Ruas Pedro Pereira e Pedro I, funcionou o Cine Rex

O maior empreendimento da  empresa Clóvis Janja e Cia Ltda, foi entregue ao público no dia 10 de agosto de 1940, um amplo e simpático salão: o Cine Rex, à Rua General Sampaio, 1263, entre as Ruas Pedro Pereira e Pedro I, onde antes funcionara a Serraria Rodolfo.  O cinema era dotado de vasta sala de espera, hall com cartazes e extenso salão com 640 assentos. Tornava-se o Cine Rex a sala lançadora do circuito Janja, com pleno direito a ocupar espaço na vida e na memória da geração dos anos de guerra. 

A sessão inaugural, com ingressos normais a 2$200 e a 1$100 para estudantes, projetou na tela o filme “A Enfermeira Edith Cavell”. A inauguração mereceu ampla cobertura da imprensa. A linha de programação do Cine Rex atraiu pela novidade das produções da RKO-rádio e da Universal Pictures, que não vinham mais para Fortaleza, além de filmes europeus programados pela Art Films e Astra Films. No ano de 1941, passa a incluir as produções da Werner Bros e da Paramount. Nessa fase de vida independente, o concorrido Cine Rex exibiu apenas dois filmes brasileiros.

 bilheteria do Cine Rex

Enfrentando problemas não claramente definidos, o Cine Rex fecha as portas a 13 de setembro de 1941, realizando sua última sessão com o filme “Os Milhões de Herança”. Como era prestigiado pelo público e certamente alcançava bons resultados de bilheteria, supõe-se que o fechamento do cinema tenha sido determinado por dificuldades nos contratos com as distribuidoras.


Com o fim das atividades do Cine Rex, desaparece também a empresa Clóvis Janja e Cia Ltda, constituída para explorar o ramo de cinema. A cidade retorna, por mais nove anos, ao regime de monopólio do mercado. Quando foi reaberto, em 10 de maio de 1944, o Rex era uma sala secundária do circuito Severiano Ribeiro, recuperando facilmente o seu antigo público.  Nessa nova etapa, o cinema insiste na programação das manhãs de domingos e feriados às 8h30 e 10 horas, voltando-se para o público infantil.

 anúncios da programação dos cinemas do Grupo Severiano Ribeiro

Na fase final de sua existência o Rex funcionou regularmente por mais 16 anos, encerrando as atividades em 1960. Em março de 1985 o terreno onde funcionava foi colocado à venda, uma área de 1.389m². Do antigo prédio nada restou, no local hoje existe um estacionamento.

extraído do livro de Ary Bezerra Leite
A Tela Prateada

Nenhum comentário: